fbpx

Posts

A utilização de um software jurídico proporciona a organização de diversas atividades de um escritório de advocacia. Além de ser uma ferramenta indispensável, devido à automatização das tarefas, esse software especializado também agrega na produtividade de toda a equipe.

O software jurídico Lawyer, da Alkasoft, foi desenvolvido exclusivamente para escritórios de advocacia. Com ele é possível gerenciar as principais atividades do trabalho cotidiano dos escritórios, como o acompanhamento de processos, a geração de relatórios, a administração financeira, de prazos, entre outros aspectos – tudo isso de forma automatizada. Entre os módulos opcionais do software da Alkasoft está o de Relatórios. Nele, existe a possibilidade de criar relatórios personalizados para cada cliente e de acordo com cada solicitação.

Além dos relatórios: conheça as atividades que são automatizadas pelo software jurídico Lawyer

Existem outras atividades, além da geração dos relatórios para cada cliente, que podem ser automatizadas com a utilização do software jurídico Lawyer. Confira as principais:

  1. Acompanhamento de processos;
  2. Monitoramento de prazos e de tarefas;
  3. Gestão financeira eficiente;
  4. Gerenciamento da carteira de clientes e de contratos;
  5. Cálculos judiciais;
  6. Relatórios personalizados.

Conheça os benefícios do módulo Relatórios do software jurídico Lawyer

Uma das rotinas que podem ser automatizadas com o software jurídico Lawyer é a produção de relatórios. Esses relatórios têm a função de resumir a visão ampliada de determinados assuntos, como, por exemplo, os processos, o gerenciamento financeiro, as atividades do escritório e os atendimentos que foram prestados.

Assim, o módulo Relatórios do software Lawyer disponibiliza informações como a quantidade de processos por cliente, por área do direito, por status do processo, conforme as informações financeiras, entre outros filtros disponibilizados pelo sistema.

Entre os benefícios desse módulo, segundo Gustavo Zimmermann Sachser, gerente financeiro do escritório de advocacia Melissa Folmann, está a possibilidade de os relatórios gerados serem disponibilizados internamente e também para os clientes em tempo real.

“Os indicadores de performance (key performance indicator – KPI) são atualizados, sistematicamente, com base na extração do sistema. Essa possibilidade de extrair todos os dados do sistema é um ponto-chave para a gerência da empresa ter o controle, absoluto, do andamento do escritório”, explica Sachser.

O software jurídico Lawyer foi criado para contribuir no dia a dia de um escritório de advocacia e garantir um controle gerencial eficaz dos advogados que fazem parte da equipe. Todas as informações são disponibilizadas de forma transparente e atendendo à necessidade específica de cada profissional e/ou cliente.

“Esta é uma das principais flexibilidades do sistema. Permitir que os usuários retirem relatórios customizados de forma fácil e rápida. Seja um relatório de uma ou duas páginas impressas, seja uma extração da massa total de clientes e processos para planilhas Excel para atualizar o painel de indicadores do escritório”, exemplifica Sachser.

Um caso prático do uso do módulo Relatórios do software jurídico Lawyer

Os benefícios oferecidos pelo software jurídico Lawyer motivaram o escritório de advocacia Melissa Folmann a investir nessa tecnologia. “Resolvemos adquirir o sistema desde o seu primeiro dia de funcionamento. Felizmente isso foi possível, pois houve um planejamento e antecipação do plano de negócio. Eu costumo elencar o planejamento e a antecipação como as palavras-chave para o sucesso”, explica Sachser, gerente financeiro do escritório.

Na avaliação dele, para esse sucesso, também é de extrema importância saber escolher a empresa e o produto com o qual o escritório de advocacia irá trabalhar. Afinal, é justamente essa parceria que fará toda a diferença para o desenvolvimento do negócio.

“Certamente eu indicaria o software jurídico Lawyer, juntamente com o módulo Relatórios. Primeiramente, devido à confiabilidade. Usamos o sistema Lawyer desde 2009 e nunca tivemos um problema de perda de dados ocasionado pela fornecedora do sistema. Mas o ponto principal é a facilidade de uso. Mesmo sabendo que o sistema não possui a interface mais moderna – quando comparado aos seus concorrentes mais sofisticados –, o sistema é simples e eficaz. Geralmente os advogados que já tiveram experiência em outros sistemas, de outros escritórios de advocacia, e passam a usar o Lawyer, ficam satisfeitos com a sua facilidade de uso. Outro diferencial do Lawyer é a relação entre cliente e fornecedor. Este último está sempre em contato com o cliente para customizar e melhorar ainda mais as funcionalidades do sistema”, observa Sachser.

Apesar de todos os benefícios do software jurídico Lawyer, a definição do escopo em um projeto de implementação de sistema de gestão é, geralmente, negligenciada pelos novos usuários. Assim, é de extrema importância um treinamento para a equipe do escritório de advocacia e um planejamento para o uso global do software.

“Toda implementação de um sistema de gestão precisa estar baseada em documentação mínima: procedimentos internos e manual de sistema. Sendo que o manual, normalmente, é disponibilizado pelo fornecedor do sistema (como no caso do sistema Lawyer). Ocorre que no ímpeto de ‘começar a usar’, os advogados, estagiários e auxiliares administrativos não conhecem nem 10% das funcionalidades, campos, parâmetros e telas do sistema. Essa é a causa raiz mais recorrente, quando vejo usuários reclamando que o sistema é ruim e não serve para o escritório. Não há treinamento e planejamento e se espera que o sistema, uma vez instalado, resolva todos os problemas”, observa o gerente financeiro do escritório Melissa Folmann.

 

Para uma sociedade de advogados ter sucesso, o mais recomendado é que ela tenha uma gestão empresarial. Entre outros cuidados, é necessário investir no gerenciamento de tempo dos sócios, já que, além do trabalho interno que precisa ser desenvolvido por eles, estes também podem ter que executar tarefas externas como participar de audiências, visitar departamentos públicos, realizar visitas comerciais, entre outros compromissos.

Assim, para que o gerenciamento de tempo em uma sociedade de advogados seja feito com precisão, será necessário dividir as atividades entre os sócios – inclusive se a sociedade tiver outros colaboradores – e classificar as demandas e prioridades. O ideal é que esse processo seja feito de forma fácil e prática, para que ele realmente faça parte do dia a dia da sociedade de advogados.

Algumas dicas para a gestão de tempo em uma sociedade de advogados

Além de um nível de organização maior e uma melhor produtividade, a implementação de um programa de gerenciamento de tempo traz para uma sociedade de advogados um equilíbrio importante entre a rotina de trabalho e a vida pessoal dos sócios. O efeito prático desse equilíbrio tende a ser o aumento da satisfação profissional.

Confira algumas dicas para que o gerenciamento do tempo seja feito da melhor forma em uma sociedade de advogados:

1. Busque resolver os problemas logo

Os problemas da sua sociedade de advogados devem ser resolvidos, preferencialmente, logo na primeira hora do dia. Quando você e os seus sócios conseguem fazer isso, a tendência é que o restante do dia seja mais leve – ou centrado em outras questões que não sejam a resolução de problemas.

Procure seguir o seguinte lema: aquele problema do qual você gostaria de fugir deveria ser o primeiro a ser resolvido. Tenha certeza que a sua produtividade ficará melhor depois que você tirar o problema que mais lhe preocupa da sua frente.

2. Evite gastar muito tempo com o telefone

Em uma sociedade de advogados, as interrupções para atender ligações de clientes podem prejudicar a linha de raciocínio de resolução de um problema. Ao atender um cliente por telefone, você transfere a ele os pensamentos de um outro caso e acaba perdendo toda a sua concentração, o que afeta, automaticamente, a sua produtividade.

Uma das formas de evitar isso é reservar parte do seu dia para fazer as ligações e dar o retorno para os telefonemas que foram recebidos pela secretária do escritório, por exemplo. No restante do dia, você poderia ficar focado nos seus processos e no andamento da sociedade de advogados. Outra maneira de resolver isso é adotando softwares jurídicos que permitem o acompanhamento dos processos diretamente pelos seus clientes – o que poderá reduzir significativamente as ligações para o seu escritório.

3. Liste as tarefas do próximo dia por prioridade

Uma forma interessante de ganhar tempo é fazer uma lista das tarefas prioritárias que você e os seus sócios terão no próximo dia de trabalho. Inclua, nessa lista, os problemas que vocês precisam resolver. Isso tomará alguns minutos do seu tempo atual, mas adiantará consideravelmente o trabalho que você terá no dia seguinte.

4. Cumpra os prazos

Algo fundamental na gestão de tempo de uma sociedade de advogados é o mapeamento de todas as atividades que você e os seus sócios tem no dia a dia do escritório. Nesse momento, é importante definir tanto prioridades quanto prazos factíveis para que as atividades sejam desenvolvidas de forma satisfatória.

Depois desse mapeamento, defina um cronograma com os seus sócios e procure cumprir cada compromisso e prazo de forma organizada e com eficácia.

5. Utilize ferramentas de apoio

Adquirir um software jurídico que contenha várias funcionalidades, como gestão financeira, gerenciamento de atendimento, processos e intimações, poderá marcar um “antes” e um “depois” na gestão de tempo da sua sociedade de advogados.

Através de um software jurídico, você e os seus sócios conseguirão controlar com agilidade e de forma muito mais simples e rápida alguns aspectos do escritório – como despesas, fluxos de caixa, registro de informações nos processos e intimações – e fazer o acompanhamento dos prazos dos processos de seus clientes.

6. Evite distrações

Procure evitar distrações em redes sociais e sites de notícias enquanto estiver em horário de trabalho. No entanto, não queremos dizer que você deva ficar alheio a esses recursos e fontes de informação.

O ideal é que você procure focar nas suas atividades durante o expediente e reservar um tempo, durante o dia, para ações paralelas como a consulta a redes sociais e sites de notícias.

7. Sincronize as suas agendas

Em uma sociedade de advogados, sincronizar as agendas dos diferentes sócios e cumprir todos os compromissos é um grande desafio. Essa gestão de agendas é um passo vital para que a sociedade dê certo. Hoje em dia, no entanto, existem diversos recursos que podem lhe auxiliar nesse processo.

Entre as várias opções, podemos citar os quadros de anotações, os post-its, os aplicativos de check-lists, as agendas tradicionais e – a mais eficiente – as agendas que integram os softwares jurídicos. Esse último item é o mais eficiente porque, além de ter acesso aos compromissos dos outros sócios e associados, você também poderá controlar todos os prazos dos processos dos seus clientes em um mesmo local.

8. Delegue tarefas

Em qualquer sociedade é importante que os sócios aprendam a delegar tarefas. Isso porque os gestores têm muitas outras preocupações e afazeres além daqueles que fazem parte do dia a dia das suas atividades para lidar.

Comece confiando os procedimentos operacionais da sua atividade aos seus subordinados. Depois, incentive essa prática também entre os seus sócios. Assim, vocês conseguirão dedicar mais tempo para as atividades de maior responsabilidade, como a prospecção de novos clientes, e para o planejamento da sociedade de advogados.

9. Realize uma atividade por vez

Procure dedicar a sua atenção e tempo para realizar uma atividade por vez. Hoje, em muitas áreas, o profissional multitarefas é bastante valorizado, mas no meio jurídico fazer muitas tarefas ao mesmo tempo pode impedir você de atingir o melhor resultado.

Em uma sociedade de advogados é muito comum isso acontecer. Como um escritório de advocacia tem muitas tarefas que precisam ser executadas por pessoas com a mesma função, não são raras as vezes em que um sócio acaba fazendo mais de uma tarefa ao mesmo tempo. Tente evitar que isso aconteça e organize sua agenda para resolver uma questão por vez – isso trará uma melhor organização de tempo, foco e objetividade.

10. Procure sempre ser pontual

A pontualidade nos compromissos profissionais é de extrema importância, especialmente para uma sociedade de advogados. Enquanto em algumas outras áreas é possível atrasar certos compromissos sem grandes prejuízos, no meio jurídico um atraso pode significar a perda de um processo.

Quando você gerencia o seu tempo de forma organizada, também fica muito mais fácil ser pontual com os seus compromissos e não atrasar nenhuma entrega. Essa prática será positiva não apenas para você e para os seus sócios, mas para a imagem da sua sociedade de advogados como um todo.

 

Os avanços tecnológicos têm transformado a rotina dos profissionais dos mais diversos segmentos. E, como se pode imaginar, no meio jurídico não é diferente. Atualmente, já existem soluções que permitem automatizar e executar tarefas, que antes levariam semanas, em poucas horas. É a chamada advocacia 3.0.

Todas essas tecnologias trouxeram não apenas resultados mais rápidos, como também uma redução nos custos operacionais e uma mudança completa no fluxo de trabalho. Mas como chegamos a tal evolução digital?

Pois bem, a advocacia é uma área bastante tradicional. Logo no seu início, a prática era bastante manual e, justamente por isso, demandava tempo e custava caro. Já imaginou controlar processos e redigir peças jurídicas de maneira completamente artesanal, sem ajuda de tecnologia alguma? Essa fase de centralização de demandas no advogado é conhecida como a advocacia 1.0.

Com o passar do tempo, foram introduzidas algumas facilidades no dia a dia dos advogados. Editores de textos, planilhas e modelos de peças foram algumas das ferramentas que permitiram uma maior produtividade e também deixaram a advocacia mais acessível à população. É o modelo de advocacia 2.0.

Por fim, a advocacia 3.0 propiciou a alta performance aos escritórios. Nela, há a fragmentação do trabalho jurídico e também a prospecção de clientes por meio do marketing jurídico, o qual utiliza estratégias de inbound marketing para atrair e aumentar a carteira de clientes. Foi aqui também que surgiram e popularizaram-se os softwares jurídicos, responsáveis por uma gestão mais eficiente.

Mas como atualizar processos internos e ter um escritório de advocacia 3.0? É exatamente isso que vamos ver agora. Confira!

Advocacia 3.0: como inserir seu escritório nessa realidade?

Modelo de gestão

Uma das mudanças mais impactantes na realidade dos escritórios de advocacia 3.0 é o modelo de gestão adotado. Antigamente, todas as atividades estavam sob responsabilidade do advogado. Agora não mais. As demandas são distribuídas entre a equipe e todos têm suas atribuições, de acordo com suas habilidades. Além disso, também há uma diluição da hierarquia e um aumento do colaborativismo.

Para ajudar nessa nova gestão, surgem os softwares jurídicos que auxiliam na integração desse modelo de gestão mais “descentralizado”. Com eles, algumas rotinas operacionais são automatizadas, permitindo que a equipe concentre esforços em atividades que tragam mais valor ao escritório.

Mais especialização e mais produtividade

Esse modelo de gestão reconhece talentos individuais e permite que os profissionais trabalhem nas atividades que melhor executam.

Ou seja, por mais que profissionais da mesma área possuam características em comum, nem todos realizam as mesmas demandas com a mesma qualidade. Enquanto alguns têm um perfil mais técnico e direto, outros preferem debater e criar teses. Há ainda aqueles ótimos no atendimento e que são capazes de encantar clientes e fechar qualquer negócio.

Percebeu como as habilidades podem variar? Pois na advocacia 3.0 não tem problema! Em um sistema de gestão descentralizado, cada colaborador pode atuar dentro da especialidade dele. É a ideia de que todos têm diferentes demandas em busca de um objetivo comum: o sucesso do escritório de advocacia.

Prospecção de clientes por meio do Marketing Jurídico

Outra estratégia que vai colocar de vez o seu escritório na advocacia 3.0 é o Marketing Jurídico. Por meio dele, você pode criar conteúdos relevantes, tornar-se autoridade na sua área de atuação e ainda prospectar clientes.

Muitos escritórios já estão utilizando o Marketing Jurídico para se estabelecer no mercado e destacar-se da concorrência. E adivinha? Eles estão obtendo ótimos resultados!

Agora você já sabe! Para acompanhar as principais tendências e ficar por dentro da advocacia 3.0, você precisa buscar sempre atualizar processos e também o modelo de gestão no seu escritório. Aquela administração centralizada e hierárquica está com os dias contados. E você não vai querer ficar para trás, vai?

 

Diante de um cotidiano corrido, um escritório de advocacia precisa manter suas rotinas e processos jurídicos sempre em ordem. Do contrário, a equipe de trabalho começará a perder prazos e atrasar entregas. E essas são, sem dúvida alguma, as piores imagens que uma empresa pode passar aos clientes: falta de organização e má gestão.

Por isso, um escritório de advocacia organizado, com rotinas e processos definidos, tarefas delegadas de forma clara e com documentos acessíveis a todos, é essencial para conquistar e, mais importante, manter clientes. Neste artigo vamos dar algumas dicas para organizar as rotinas e os processos jurídicos do seu escritório. Confira!

Agenda compartilhada

O primeiro passo para melhorar a organização do seu escritório de advocacia é trazendo transparência aos processos. E para isso, nada melhor do que criar uma agenda compartilhada com toda a equipe.

Opte por versões online, em que você pode editar e notificar toda a equipe em caso de mudanças ou imprevistos. Dessa maneira, todos terão acesso aos compromissos e obrigações do escritório. Caso algo não saia conforme o planejado, é possível entrar em contato com o cliente e contornar a situação.

A agenda compartilhada também evita inconvenientes, como quando um cliente liga e você não sabe em que estágio está um de seus processos jurídicos. Já foi protocolado? Teve alguma movimentação na última semana?

Você precisa responder a essas perguntas ou, do contrário, causará a impressão de que ninguém sabe o que está acontecendo na empresa.

Softwares jurídicos são ótimas soluções para esse problema. Eles permitem a visualização de agendas diárias, semanais ou até mesmo mensais. Além disso, enviam notificação de prazos, tarefas que serão executadas, audiências e outros compromissos relacionados aos seus processos jurídicos.

Estabeleça prioridades e delegue tarefas

Existem alguns momentos em que tudo parece que é prioridade, não é? E que, consequentemente, você não conseguirá entregar todas as demandas em tempo.

Pois bem, mesmo nessas circunstâncias caóticas, acredite: algumas prioridades são maiores do que as outras. E é nessas tarefas que você precisa concentrar-se.

Anote todos os compromissos e atividades que você deve concluir naquela semana e estabeleça prioridades para cada item. Dessa forma, você começa pelas demandas mais urgentes e, caso não consiga terminar tudo, as tarefas inadiáveis terão sido finalizadas e o restante ficará para o outro dia.

De nada adianta entrar em pânico por causa da quantidade de entregas que você precisa fazer. Isso só vai prejudicar a sua produtividade, está bem?

Ah, se você tiver a agenda organizada e compartilhada conforme mencionamos acima, fazer esse controle de prioridades torna-se muito mais fácil. E você ainda pode delegar tarefas quando elas realmente forem urgentes e você não conseguir dar conta.

Organize documentos e processos internos

Nada é capaz de prejudicar mais as rotinas do que uma empresa com informações desencontradas e sem processos internos bem definidos.

Digamos que você precise fazer determinada atividade. Para isso, precisa analisar documentos que foram arquivados por alguém em algum lugar que você também não faz ideia de onde. Complicado, não?

Você provavelmente vai precisar interromper o trabalho de vários profissionais para perguntar se eles sabem onde estão localizados aqueles documentos. E, após horas de procura, você até encontra tudo que precisava, mas já perdeu metade da tarde nessa função.

Por outro lado, se o seu escritório de advocacia possuísse procedimentos padronizados de arquivamento, essa atividade poderia ser concluída muito mais rapidamente. Bastaria procurar nas pastas predeterminadas e pronto!

Percebeu por que razão a organização de documentos e a definição de processos são tão importantes para a produtividade de toda a equipe? Invista nisso!

Defina responsabilidades e competências

Em qualquer empresa, é comum encontrar demandas que exigem a participação de mais de um profissional. Algo, por exemplo, que envolva assuntos administrativos e jurídicos ao mesmo tempo. Se você não possui um procedimento padrão para adotar ou sua equipe não tem responsabilidades bem estabelecidas, essas atividades podem ficar bem mais complexas. Afinal, quem é responsável pelo quê?

Diante desse cenário, procure definir competências para todos os membros da sua equipe. Assim, todos saberão quem procurar quando precisar de ajuda em alguma demanda.

Essas foram algumas dicas para tornar a gestão do seu escritório mais organizada e com processos internos mais bem definidos.

Se você está procurando soluções para otimizar a gestão do seu escritório de advocacia, entre em contato conosco ou solicite uma demonstração de nosso software jurídico! Quem sabe não somos exatamente o que você procura?

 

Após a formatura na graduação de Direito, o grande desafio dos recém-formados é passar no exame da Ordem, o qual permite que bacharéis em Direito possam exercer, de fato, a advocacia. No entanto, nesse momento é comum surgir a dúvida: passei no exame da OAB, e agora?

Isso porque, durante a graduação, aprende-se muito a respeito de leis, petições e outros assuntos jurídicos, mas pouco se fala sobre os caminhos que podem ser seguidos por quem busca exercer a advocacia. Pensando nisso, neste artigo vamos falar um pouco sobre dicas para recém-formados que desejam iniciar na carreira. Quer saber o que fazer para alcançar o sucesso profissional como advogado? Confira!

4 dicas para conquistar uma carreira de sucesso na advocacia

Se você já se formou e conseguiu passou no exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), muitos são os caminhos que podem ser seguidos. Você pode prestar concursos públicos, trabalhar em departamentos jurídicos de grandes empresas, trabalhar em um escritório de advocacia ou até mesmo montar o seu próprio, por que não?

Independentemente da sua escolha, ela vai exigir muita determinação para se destacar diante da concorrência e tornar-se um profissional bem-sucedido.

Para os que optam por seguir na advocacia e ter o seu próprio negócio, os desafios podem ser ainda maiores, assim como as recompensas. Afinal de contas, quem não sonha em ser reconhecido pelo seu trabalho após passar no exame da OAB?

Pois bem, não existe uma fórmula do sucesso, mas, com certeza, algumas dicas podem ajudar (bastante!) a conquistar o sucesso profissional.

1. Organização é fundamental

Advogados lidam diariamente com prazos. São estes que determinam a agenda de qualquer profissional do setor. Por isso, perder um prazo ou faltar a uma audiência é um dos principais erros que você pode cometer após passar no exame da OAB. Além de causar uma péssima impressão ao cliente, isso pode ter consequências sérias no processo.

Dessa forma, organização é uma habilidade essencial para qualquer pessoa que pretenda seguir na advocacia. E não só para garantir a entrega nos prazos estipulados, mas também para ter todas as informações em mãos, fazer uma boa gestão de tempo e conseguir administrar todos os compromissos que envolvem um escritório de advocacia.

Muitos profissionais optam pela contratação de softwares jurídicos especializados em gestão. Com essas soluções, você tem a possibilidade de automatizar demandas, fazer uma melhor gestão da sua equipe e aumentar a produtividade de toda a empresa.

2. Torne-se referência na sua área de atuação

Muitos profissionais, com a intenção de conseguir mais processos para manter o escritório no início, após passar no exame da OAB, tendem a oferecer serviços em todas as áreas de atuação. Em um primeiro momento, isso pode até trazer vantagens. Afinal, você terá uma abrangência maior para prospectar clientes.

No entanto, com o passar do tempo, é a sua reputação que será a responsável por trazer os clientes até você. E não vai querer ser conhecido como um escritório genérico que atua em todas as frentes, mas não é especialista em nenhuma, correto? Grandes escritórios adquirem fama por serem referência em determinada área.

Dessa maneira, busque fazer cursos, pós-graduações e especialize-se em uma área de atuação. Isso fará com que, pouco a pouco, você se torne referência e isso trará clientes até você.

3. Cultive um bom networking

Conhecer as pessoas certas é essencial para alcançar o sucesso profissional. São esses contatos, que poderão indicar clientes ou até mesmo se tornar clientes, que trarão lucros ao seu escritório de advocacia. Afinal, de nada adianta realizar um ótimo trabalho se você não conseguir prospectar novos processos, correto?

Por isso, mantenha uma boa rede de contatos, que seja capaz de lembrar-se de você nas horas mais importantes. Ex-clientes, colegas de profissão, ex-professores, antigos chefes, diversos contatos que você poderá desenvolver antes e após passar no exame da OAB. Todo relacionamento pode ser uma boa chance de destacar o seu escritório em meio à concorrência.

4. Fortaleça a sua marca

Por fim, utilize a tecnologia a seu favor! Atualmente, muitos escritórios já investem em estratégias de Marketing para aumentar a reputação da marca e também para conquistar novos clientes. E você não vai querer ficar para trás, vai?

Procure agências que possam criar uma presença digital da sua marca e colocar em prática ações que transformem seu escritório de advocacia em uma autoridade na sua área de atuação.

Quer saber mais dicas para ter uma carreira de sucesso na advocacia? Acompanhe nosso blog e conheça nossas soluções para tornar a gestão do seu escritório mais simples e eficiente!

 

Um escritório de advocacia possui muitas rotinas. Além das atividades tipicamente jurídicas, como audiências e peças, há também as tarefas mais administrativas. Atender clientes, pagar contas, controlar prazos… Às vezes é complicado manter tudo sob controle.

Para isso, surgiram os softwares jurídicos especializados na gestão desse segmento. Eles são capazes de monitorar processos, facilitando o controle tanto da sua equipe quanto das tarefas diárias. Com eles, fica muito mais fácil controlar os prazos, lembrar-se de reuniões importantes ou mesmo daquelas atividades administrativas que sempre ficam para depois. O Lawyer é um desses softwares. Conheça a seguir mais sobre os serviços que ele oferece e como pode beneficiar as rotinas do seu escritório ou departamento jurídico.

O que é o software jurídico Lawyer?

É uma solução completa que permite o gerenciamento das principais rotinas da área jurídica. Ele integra os cadastros de clientes, os processos, os compromissos e as informações disponíveis no sistema, tornando-as acessíveis aos usuários e eliminando a necessidade de armazenamento de arquivos avulsos para o controle e a gestão do escritório.

Existem duas versões: o Lawyer Desktop, em que o sistema é instalado localmente em máquinas e servidores do próprio escritório, e o Lawyer Web. Nesta última, você tem mobilidade. O software é hospedado em nuvem, em servidores que ficam sob a responsabilidade da Alkasoft.

No caso do Lawyer Web, o acesso pode ser feito a partir de qualquer computador conectado à internet, por meio de um link exclusivo e criptografado, garantindo mais segurança para os usuários e para as operações realizadas no sistema.

Além disso, é possível também integrar funcionalidades opcionais no Lawyer Web, como:

  • Lawyer Capture: captura automática das movimentações por meio do número processual;
  • Lawyer Diários: clipping automático de publicações de diários oficiais;
  • Lawyer Virtual: portal de acesso para o cliente, integrável ao site do escritório.

O Lawyer é dividido em cinco módulos, que ajudam a otimizar e a organizar os processos internos do seu escritório ou departamento jurídico. Conheça adiante.

Como o Lawyer pode ajudar as rotinas do seu escritório?

Módulo Pessoas

É possível gerenciar toda a carteira de clientes. Da prestação de contas e recebimento de honorários à consulta de processos e audiências. Também é ideal para gerenciar a banca de advogados e cadastrar partes contrárias.

Módulo Processos

Neste módulo, o advogado gerencia as pastas de processos, os recursos, os incidentes e os apensos. É possível consultar detalhes de cada ação, como a situação atual e os andamentos processuais.

Além disso, o profissional tem acesso a estatísticas de processos com base em indicadores cadastrados no sistema.

Módulo Agenda

Aqui, encontram-se as funcionalidades referentes ao registro e ao acompanhamento de atividades: agendamento de tarefas simples, controle de prazos, controle de horas trabalhadas para cada cliente e também os compromissos vinculados aos processos.

Todo esse controle, é claro, auxilia na delegação de tarefas e no acompanhamento da produtividade da equipe.

Módulo Financeiro

Neste módulo, é possível ter uma visão global do plano de contas, gerenciando despesas fixas operacionais, honorários, depósitos, garantias judiciais, provisionamento e contingenciamento de recursos.

É também onde será possível acessar diferentes estatísticas relacionadas à gestão financeira.

Módulo Relatórios

Aqui você gera relatórios personalizados para atender às suas diferentes necessidades.

É fácil ver que, com o uso do software Lawyer, administrar um escritório de advocacia torna-se uma tarefa muito menos complicada, não é mesmo? Então, se você está em busca da solução definitiva para o seu negócio, o Lawyer é a resposta. Conheça mais sobre a ferramenta e converse com a nossa equipe para tirar as suas dúvidas!

 

A grande demanda de trabalho de um escritório de advocacia faz com que o gestor busque soluções para facilitar o funcionamento de sua empresa jurídica. A tecnologia sempre é a opção mais eficiente, e os softwares jurídicos, as ferramentas ideais para uma gestão de qualidade.

Pensando em ajudar você com essa montoeira de tarefas é que a Alkasoft criou o Software Jurídico Lawyer. É uma solução completa que permite o gerenciamento da carteira de clientes e o controle das finanças, dos contratos e da agenda em uma única plataforma.

Mas o que difere o Lawyer dos demais softwares jurídicos do mercado? Suas funcionalidades! Essa ferramenta da Alkasoft foi criada exatamente para colaborar no dia a dia de um escritório de advocacia. Com essa nova ferramenta, o escritório passa a contar com gerenciamento da agenda, organização eficaz dos processos, gestão da carteira dos clientes, controle total do financeiro do escritório e gestão de documentos.

O software também conta com módulos opcionais que permitem a busca por andamentos processuais (Lawyer Capture), publicações em diários oficiais (Lawyer Diários) e um portal para clientes do escritório (Lawyer Virtual).

Sistema Lawyer para todos os perfis

Um dos grandes diferenciais do Lawyer é a versatilidade dos sistemas. Existe um para cada necessidade do gestor. Dividimos o nosso produto em Lawyer Desktop, que roda no ambiente local do seu escritório de advocacia, e em Lawyer Web, que roda nos servidores virtuais disponibilizados pela Alkasoft.

Em qualquer uma destas plataformas, disponibilizamos as seguintes versões do nosso produto:

  • Lawyer: ferramenta que permite a gestão completa de um escritório de advocacia. Com esse software jurídico, as suas equipes poderão fazer o acompanhamento de processos, gerenciar a carteira de clientes, compromissos e tudo o mais que faz parte da rotina de um advogado.
  • Lawyer Corporativo: versão do sistema com uma série de recursos corporativos, necessários em ambientes com elevado número de processos e que tenham tipos diferenciados de clientes, indicado especialmente para grandes escritórios de advocacia ou departamentos jurídicos de empresas.

Além desses três sistemas, o Lawyer ainda oferece o Lawyer Diários, que é um módulo opcional dos softwares jurídicos Lawyer Web e Lawyer Corporativo Web que realiza os serviços de pesquisa e clipping de publicações oficiais dos Diários da Justiça, procurando otimizar os custos operacionais e facilitar o seu dia a dia.

Já o Lawyer Capture é um módulo opcional dos softwares jurídicos Lawyer Web e Lawyer Corporativo Web que realiza os serviços de pesquisa e captura dos andamentos de processos, procurando otimizar os custos operacionais e facilitar o dia a dia do advogado.

Outro diferencial é que na Alkasoft o gestor recebe toda a assistência na etapa de pós-compra, não ficando sozinho no momento da inclusão da ferramenta no escritório de advocacia.

Venha para Alkasoft!

Se você pensa em investir em um software jurídico completo e de qualidade, então escolha o Lawyer. Nossos sistemas reúnem diversas funcionalidades, como agenda, clientes, processos, financeiro e documentos. O Lawyer é ideal para seu escritório, uma solução completa. Entre em contato conosco e saiba mais detalhes dessa solução que vai revolucionar o funcionamento do seu escritório.