fbpx

Os processos de gestão de propriedade intelectual, sem ferramentas adequadas, podem resultar em uma tarefa árdua. Isso porque, entre outros problemas, um processo preponderantemente manual está propenso a muitas movimentações e erros que podem ser prejudiciais para a propriedade intelectual e, consequentemente, para a empresa.

Para diminuir esse tipo de erro que as empresas podem cometer, é importante investir em soluções que possam automatizar os processos. Dessa forma, os gargalos com processos podem ser minimizados ou até mesmo eliminados, agilizando e tornando a rotina de gestão com a propriedade intelectual muito mais produtiva.

Conheça, neste artigo, alguns dos maiores erros que as empresas podem cometer ao administrar sua propriedade intelectual. Confira a seguir.

1. Negligenciar novas tecnologias de gestão de propriedade intelectual

Modernizar a estrutura de seu negócio é vital para o desenvolvimento dos processos. Com a ferramenta ideal, é possível administrar todas as etapas mais assertivamente. Hoje em dia, existem soluções que podem ajudá-lo a lidar com o monitoramento de redundâncias no registro de marca, acompanhamento do processo e, até mesmo, na pesquisa em um banco de dados.

Ainda assim, muitas organizações são altamente resistentes à adoção de novas tecnologias, seja por desconhecimento ou por falta de empresas parceiras que realizem uma implementação e um acompanhamento que possam atender as necessidades reais do negócio e da gestão de suas propriedades intelectuais.

2. Não registrar sua marca

A marca é o ativo mais valioso da empresa. Muitas das grandes companhias têm em suas marcas seu maior valor de mercado. Nesse contexto, ao registrar sua propriedade intelectual, a organização protege o direito de exclusividade de uso.

O registro da marca é um processo com etapas definidas que, de forma manual, podem tomar anos para serem concluídas. Esquecer de registrar a marca, porém, pode fazer com que a propriedade intelectual sofra em credibilidade ou, até mesmo, que a empresa tenha que disputar judicialmente com registros de marcas semelhantes já estabelecidas no mercado.

3. Não considerar a proteção de propriedades intelectuais antigas

É comum que empresas iniciem o processo de registro de marca apenas em propriedades intelectuais novas, no momento de sua criação. Na realidade, a incrementação e atualização de antigos produtos podem estar expostas a tentativas de cópia ou plágio por terceiros. Sendo assim, a manutenção de propriedades intelectuais já estabelecidas no mercado se torna um processo tão importante quanto durante a criação de novas marcas.

4. Falta de uma estratégia pensada na propriedade intelectual da empresa

Muitas companhias têm como sua principal competência atividades fora do escopo da gestão de propriedade intelectual. Por conta disso, há um desconhecimento geral de como patentes, marcas e outras propriedades intelectuais podem ser relevantes sob uma visão estratégica.

Da mesma forma, é importante ter uma noção de todo o contexto dos processos de propriedade intelectual para saber como agir e como agilizar eventuais processos burocráticos e obstáculos jurídicos que possam surgir durante o ciclo de vida da propriedade intelectual.

5. Não realizar uma busca durante o registro de marca

A marca de uma nova propriedade intelectual deve ser nova. Portanto, é possível que uma empresa sem o conhecimento dos processos de gestão de marca se esqueça desse quesito e não realize uma busca. Dessa forma, é possível que se cometam erros que podem custar caro para a empresa, tais como o registro de uma propriedade intelectual cuja marca já tenha um registro há mais tempo no INPI, por exemplo.

Realizar uma pesquisa manual pode fazer com que a incidência desse erro ocorra. Por isso, conte com ferramentas de pesquisa eficientes e precisas, que possam oferecer os resultados sem tomar tempo das operações estratégicas dos setores da empresa responsáveis pela administração da propriedade intelectual em si.

Você precisa tornar a rotina de sua empresa mais produtiva? O uso de uma solução que agilize processos é fundamental para evitar erros com sua propriedade intelectual. Então, entre em contato ou solicite uma demonstração do sistema Siga Sua Marca da Alkasoft agora mesmo.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *