fbpx
Brainstorming

A marca é um dos ativos mais importantes das empresas, e, quando bem gerida, ela pode proporcionar lucros diretos ou indiretos, diferencial competitivo e oportunidades de negócio. Nesse contexto, registrar a marca tem impactos bastante expressivos, que vão além do seu direito de uso. Essa ação ajuda a empresa a proteger um dos bens imateriais mais valiosos de seu negócio: sua identidade perante o mercado e seu público de interesse.

Dados os benefícios, cada vez mais os empreendedores estão buscando registrar a marca no país: conforme dados do INPI, o número de registros em 2018 teve um incremento de mais de 55%.

Se você ainda tem dúvidas sobre a importância de registrar sua marca, confira, a seguir, outros motivos para iniciar já esse processo.

1. Marca registrada é uma proteção para a empresa detentora

Registrar a marca é o único modo de realmente mantê-la protegida legalmente contra eventuais copiadores. Para formalizar o registro, é preciso procurar o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) e realizar o pedido, que será encaminhado conforme a Lei de Propriedade Industrial e demais resoluções administrativas desse órgão. 

Com isso, garante-se o direito de uso exclusivo em seu ramo de negócio em todo o território nacional – e, a partir daí, esse direito poderá ser estendido internacionalmente. 

Desse modo, se você verificar que sua marca está sendo utilizada por outra pessoa ou empresa sem autorização, poderá obter uma decisão judicial para a imediata interrupção do uso indevido, além de uma indenização pelos danos causados.

Nesse sentido, há sistemas, como o Siga Sua Marca da Alkasoft, que auxiliam as empresas a fazerem esse acompanhamento de colidência.

2. Registrar a marca previne perdas com processos jurídicos

Entre os problemas que uma marca não registrada pode gerar está a possibilidade de a sua empresa ser processada, ter que mudar sua marca e, ainda por cima, pagar uma indenização para outra companhia.

3. Marca registrada pode ser licenciada ou franquiada

Uma das formas mais diretas de uma marca gerar receita para a empresa detentora é por meio de seu licenciamento ou franqueamento. E somente uma marca registrada pode estar no centro desse tipo de oportunidade de incrementar a receita do negócio.

4. Marca registrada tem valor financeiro

Somente a marca registrada pode ser avaliada, contabilizada, vendida e até mesmo utilizada como garantia em operações financeiras. Por tudo isso, cada vez mais os empresários buscam conhecer o valor de sua marca. Há diversos rankings que demonstram esses números – entre eles Brand Finance, BrandZ, Interbrand, entre outros.

5. A marca registrada torna-se um argumento de venda

Ao verificar a consistência de uso e o sinal gráfico de que aquela é uma marca registrada, o mercado consumidor sentirá maior segurança em adquirir seus produtos ou contratar seus serviços. Assim, a marca registrada agrega valor, ajuda a aumentar a credibilidade da empresa, a fidelizar clientes e torna-se um argumento de vendas valioso.

6. Sem o registro, sua empresa poderá acabar tendo que gastar mais

Alguns empresários deixam de registrar a marca em razão da taxa a ser paga nesse processo. No entanto, essa é uma falsa economia, visto que, por exemplo, se alguém registrar marca semelhante ou igual antes, o empresário terá que criar uma nova marca, se abstendo de utilizar aquela que foi idealizada por ele.

Ainda, todos os seus materiais de divulgação e uniformes deverão ser refeitos, além de gerar comunicados ao mercado e, possivelmente, pagar indenização pelo uso. E, além desses custos diretos, há os indiretos em relação à credibilidade no mercado – todo esse processo poderá gerar redução e perda de negócios, além de desconfiança em seu público.

Aqui, é importante salientar que, ao contrário do que alguns empreendedores imaginam, a Lei de Propriedade Industrial (Lei 9.279/96) garante o direito exclusivo de uso não para aquela empresa que existe há anos, mas não formalizou sua marca, mas, sim, para aquela que a registrou primeiro. 

    Como vimos, registrar a marca é gerar garantias contra seu uso indevido, proteger sua empresa contra atos de má-fé, uma forma de gerar mais valor para o negócio, de captar e fidelizar clientes e tornar possível determinadas negociações comerciais, como o licenciamento e a franquia, que podem ser fontes valiosas de retorno financeiro para o negócio. 

    E então, ficou mais clara a importância de registrar a marca de seu negócio, produto ou serviço? Não perca mais tempo, comece já a dar início ao seu processo de registro. Entre em contato com a equipe da Alkasoft para saber mais sobre como nossa solução pode ajudá-lo nesse processo e na gestão de sua marca.

    0 respostas

    Deixe uma resposta

    Quer juntar-se a discussão?
    Sinta-se a vontade para contribuir!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *