fbpx

Não importa o tamanho ou ramo da empresa, todos concordam que para alcançar o sucesso é essencial traçar um planejamento. É o planejamento que determina o objetivo e quais serão as ações para chegar até ele. Em um escritório de advocacia não é diferente. É preciso organização e planejamento para que o escritório funcione corretamente e o mais importante: para que seja produtivo.
 
No post anterior explicamos o que são os níveis de planejamento estratégico, tático e operacional e como cada um trabalha. Neste post vamos mostrar alguns exemplos de como aplicar os níveis de planejamento em um escritório de advocacia.

Estratégico:

– Definir quais os objetivos e as metas seu escritório de advocacia quer alcançar;
– Estabelecer o tempo necessário para que os objetivos e as metas sejam atingidos, sendo a curto, médio ou longo prazo; 
– Projetar como alcançar bons resultados tendo menor risco, com menos custos e mantendo a qualidade;
– Observar o desempenho do mercado e identificar como aproveitar novas oportunidades para melhorar seu negócio e desviar as ameaças futuras;
– Pensar em como aumentar a satisfação dos seus clientes, em como fidelizá-los e como captar novos clientes; 
– Determinar um padrão de qualidade para as atividades do seu escritório;

Tático:

– Determinar quais as ferramentas serão necessárias para colocar em prática os objetivos e as metas;
– Traçar o melhor caminho para alcançar seus objetivos e suas metas;
– Fazer a gestão financeira do seu escritório; 
– Definir quem será o responsável por cada setor.;

Operacional: 

– Diagnóstico e mapeamento dos procedimentos internos da área jurídica;
– Controlar os prazos e publicações do escritório;
– Mensurar e aumentar a produtividade; 
– Implementar certificações; 
– Implementar avaliação e feedback;  
– Conferir segurança de informação;
 
Lembramos que os níveis de planejamento não trabalham sozinhos. Eles são interdependente e operam juntos em um processo integrado. Por isso é importante que os três níveis de planejamento estejam bem estabelecidos e em sintonia, para que o planejamento funcione corretamente e traga bons resultados para o seu escritório de advocacia.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *