O que é preciso para inserir o plano de marketing na estratégia do seu escritório de advocacia?

Para se diferenciar no cenário jurídico atual, altamente competitivo, cada vez mais advogados investem em marketing. Mas, para que os resultados sejam efetivos, é preciso contar com um plano de marketing bem estruturado e completo. Para acertar nesse plano é fundamental que você destine tempo para entender onde o seu escritório pode melhorar no atendimento dos seus clientes atuais, verificar de que forma ele pode se tornar mais relevante para os clientes futuros e medir os resultados a cada passo visando corrigir as rotas das ações que serão tomadas.

“O marketing aplicado à advocacia é essencial para o crescimento do advogado no mercado jurídico atual. A competição acirrada e a falta de diferenciação entre os escritórios, aos olhos do cliente, são os principais problemas a combater. A maioria dos advogados não tem nenhuma estratégia escrita, nem metas claras, mensuráveis. O plano comercial e de comunicação trará essa clareza, além de ser uma oportunidade de autocrítica e de voltar ao foco [do escritório]”, explica a consultora sênior da DNA Consulting, Gabriela Fornells. Confira, a seguir, quais passos o seu escritório deve dar para acertar no plano de marketing.

Dicas para o seu escritório elaborar um plano de marketing jurídico

Quando falamos de marketing, todas as iniciativas e ações precisam ser consistentes. Nesse sentido, para a efetivação de um plano de marketing, é indispensável que todas as ações propostas tenham um começo e uma conclusão.

Os seus clientes precisam perceber um escritório de advocacia organizado, com produtos pertinentes e que trabalhe com ações para fidelizar os seus clientes. “Os escritórios de advocacia têm de criar uma verdadeira relação com os seus clientes e serem admirados por estes. A venda jurídica é personalíssima e exige confiança”, afirma Gabriela Fornells.

Para a consultora sênior da DNA Consulting, Gabriela Fornells, o marketing é um recurso fundamental para os advogados se diferenciarem hoje no mercado

 

Veja alguns atributos e dicas dados pela consultora e que a especialista Gabriela Fornells considera como essenciais para que o seu escritório acerte no plano de marketing jurídico:

1. Consistência

O marketing deve ser simples e feito de forma contínua. Começar hoje é simples, porém manter isso ao longo das semanas, meses e anos requer uma atitude consciente dos sócios do escritório em prol do negócio. O advogado é muito acostumado a trabalhar pelo seu cliente e nos seus processos.

Cumprir os prazos, peticionar e ir às audiências – tudo isso faz parte da rotina do advogado. Porém, ele não está acostumado a trabalhar por si mesmo, pela sua marca jurídica e por suas metas. Assim, para que um plano de marketing funcione, é preciso ocorrer uma mudança de “mindset”. Essa mudança pode definir a vida ou a morte do escritório, já que estamos em um mercado com mais de 1 milhão de advogados e cerca de 53 mil sociedades de advogados formalmente constituídas no País.

2. Estruturação

Para todo plano de marketing ter sucesso é necessário saber mensurar os resultados e identificar os pontos que deram certo e aqueles que precisam ser melhorados. Para isso, é muito importante estruturar os objetivos e metas que o escritório pretende alcançar com essas ações.

É importante também determinar um período de tempo para mensurar os resultados. Essa métrica poderá ser semestral ou anual, por exemplo. Depois dessa etapa de mensuração dos resultados, virá a etapa das correções no planejamento de marketing.

3. Pertinência

O Código de Ética da OAB tem algumas regras que limitam as ações de marketing para advogados – são proibidos, por exemplo, anúncios em veículos de massa, como rádio e televisão. Portanto, a pertinência e a coerência com esses critérios, aliadas ao bom senso, devem ser adotadas na hora de estruturar o seu plano de marketing.

4. Personalidade

Um visual impecável é fundamental no marketing jurídico. Todo material relacionado ao escritório, como logotipo e material de correspondência, precisa ser bem elaborado para imprimir boa impressão e personalidade.

Isso vai diferenciar o seu escritório aos olhos do cliente, pois a falta de cuidado com a imagem da marca poderá levá-lo a procurar outras opções no mercado que trabalhem bem esse aspecto.

5. Confiança

A confiança é imprescindível na venda jurídica. Para criá-la em seus clientes, é muito importante dar plena atenção ao que eles precisam.

Um serviço de excelência gera senso de autoridade, confiabilidade e ajuda a difundir o seu nome no mercado. Um cliente satisfeito e que tem confiança em seu trabalho, por exemplo, proporciona uma ação de marketing espontânea que pode trazer novos clientes para o seu escritório. Sendo assim, o aumento da confiança dos seus clientes deve fazer parte do seu plano de marketing.

6. Admiração

Os três últimos pontos tratados são pilares para a conquista da admiração dos seus clientes e do seu potencial público-alvo. Um plano de marketing que consiga transparecer ao público personalidade, pertinência e confiança facilmente terá admiração. Os clientes e seus concorrentes passarão a usá-lo como referência e indicação. Para conseguir isso, a sua meta deve permanecer sempre à frente das tendências.

Gostou das dicas que a especialista produziu especialmente para o nosso blog? Quer saber mais sobre as estratégias que o seu escritório poderá adotar para elaborar o seu plano de marketing? Então acesse nosso blog e leia outros conteúdos relacionados com a sua área e que poderão auxiliá-lo nessa tarefa.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *