armazenamento de dados

Você já parou para pensar se o armazenamento de dados do escritório de advocacia segue padrões de cibersegurança? Nas últimas décadas, vimos um grande aumento nos ataques cibernéticos. Considerando que a advocacia trabalha com dados sigilosos e sensíveis, a proteção dessas informações deve ser uma prioridade para os gestores jurídicos.

Toda a estrutura do negócio deve seguir as políticas estabelecidas pelos profissionais responsáveis por manter dados seguros para advogados. Mas você sabe se o armazenamento de dados é seguro? Apontamos algumas formas para você confirmar se as práticas do seu escritório são boas. Confira!

Confira a tecnologia utilizada para armazenamento de dados

O Direito é um ramo tradicional e, por vezes, conservador. Escritórios antigos, principalmente, já possuem uma fórmula de sucesso, e qualquer alteração pode não ser muito bem vista. Quando falamos de transformação digital, são esses escritórios que costumam ser mais resistentes.

Um dos pontos que a tecnologia transformou é exatamente o armazenamento de dados. Antigamente, manter dados seguros para advogados era ter um arquivo físico organizado. No entanto, nos dias atuais, quando se fala de dados seguros para escritório, a primeira coisa que vem à mente é o armazenamento em meios digitais.

Há quem utilize servidores ou dispositivos de armazenamento físicos, como hardwares, pendrives, HDs externos. Mas, nem de longe, são as ferramentas mais seguras. Por isso, você deve conferir qual a tecnologia utilizada para armazenar e proteger os dados do escritório.

Caso não utilize o armazenamento em nuvem (cloud computing), seja dedicado ou integrado em um software jurídico, pense em outra tecnologia mais avançada que não seja o armazenamento físico.

Verifique a frequência do backup de arquivos

Um ponto fundamental da segurança de dados do escritório de advocacia é o backup. Novas informações aparecem a todo o momento, dados antigos são atualizados constantemente. E bastaria um incidente para que todos eles fossem perdidos. O que fazer se o backup de arquivos não tiver sido feito nos últimos instantes? 

O backup é uma ferramenta fundamental para a prevenção e a recuperação de desastres. Ele deve ser feito com uma frequência que atenda à demanda do escritório. Em um cenário ideal, é preciso realizá-lo de hora em hora. 

No entanto, há escritórios que ainda mantêm o backup manual, o que inviabiliza a frequência mencionada. Por isso, uma solução com backup automático é a melhor saída para manter dados seguros para escritório. Alguns softwares jurídicos possuem essa funcionalidade, inclusive.

Considere o uso de um software jurídico com backup em nuvem

Por fim, se estamos falando de armazenamento de dados seguro, necessariamente é preciso considerar o uso de um software jurídico. Ele atende às duas análises que mencionamos anteriormente: é uma solução tecnológica atual, que possui armazenamento em nuvem e backup automático. 

A grande vantagem do software é que basta a conexão com a internet para que as informações modificadas sejam atualizadas instantaneamente no sistema. Além disso, são disponibilizadas em tempo real, de modo que os profissionais podem acessá-lo de qualquer lugar.

Com o backup automático, os dados estão sempre seguros. A tecnologia em nuvem é, sem dúvida, a melhor opção para a proteção da informação. Com os dados salvos em provedores on-line, os usuários podem acessá-los e compartilhá-los, bastando a conexão com a internet. E o melhor: sem o problema de ter um espaço finito. 

A nuvem oferece flexibilidade e escalabilidade para lidar com um grande volume de demanda no seu escritório. Um software baseado nesta tecnologia, certamente, garante a produtividade de todos ao mesmo tempo em que preza pela segurança.

Em suma, um software jurídico baseado em nuvem traz muitas vantagens, como:

  • A escalabilidade é garantida, ou seja, é possível aumentar ou diminuir o espaço de armazenamento disponível conforme a necessidade;
  • O armazenamento de dados é mais seguro, pois evita erros humanos e desastres naturais que afetam as informações;
  • Há facilidade no acesso, já que é possível acessá-lo de qualquer lugar e em qualquer momento;
  • Não há necessidade de ter arquivos físicos, o que contribui para a redução de custos.

O armazenamento de dados do escritório de advocacia deve ser feito de forma segura, pois se lida diariamente com informações sensíveis e sigilosas. E o valor das informações estão conectadas diretamente ao valor do seu negócio. 

Por isso, na hora de pensar na segurança da informação, considere o uso de tecnologias seguras que possuem funcionalidades neste sentido. É o caso do software jurídico da Alkasoft. Conheça os módulos do Lawyer Eleven!

Escritório de Advocacia Digital
Escritório de Advocacia Digital
0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.