fbpx

Além da gestão financeira, administrativa e jurídica, a gestão de pessoas do cartório é outra esfera que impacta diretamente na boa operação e na qualidade do atendimento ao cliente da serventia. 

O bom gerenciamento do capital humano traz benefícios como redução da rotatividade de pessoal, incremento da produtividade, excelência na prestação de serviço e ambiente mais propício à inovação e à adesão às mudanças.

Neste artigo, conheça algumas dicas para ajudá-lo a aprimorar a gestão de pessoas de seu cartório. Confira.

1. Disponibilize canais de comunicação para os funcionários

Um dos fatores mais desengajadores e prejudiciais a um bom clima laboral é o boato organizacional. Em ambientes nos quais a serventia não mantém sua equipe bem informada e disponibiliza canais de comunicação formal, o boato ganha voz e vez.

Desse modo, para melhorar a gestão de pessoas do cartório, implemente e atualize canais de comunicação interna. Eles podem abranger desde quadros de avisos, jornal interno, e-mails semanais, reuniões de equipe até um sistema sofisticado de intranet. Isso ajudará a gerar mais transparência, a manter seus funcionários atualizados sobre mudanças e novidades e a evitar os indesejáveis rumores. 

2. Ofereça treinamentos de aperfeiçoamento à equipe

O conhecimento é um dos maiores ativos que temos. E quando o empregador disponibiliza a oportunidade de atualização e obtenção de novos conhecimentos, essa iniciativa tende a ser bastante valorizada pela equipe, tangibilizando a preocupação do gestor com a motivação e o crescimento pessoal do funcionário. Ainda, isso ajudará também a melhorar a produtividade e a qualidade do atendimento em sua serventia. 

3. Para aprimorar a gestão de pessoas do cartório, reconheça seus talentos

Hoje, a competitividade não abrange apenas a conquista de clientes, mas também dos melhores talentos. Assim, para atrai-los e retê-los em sua serventia, é importante adotar políticas de valorização e reconhecimento.

E isso contempla desde ações simples, como elogiar boas iniciativas em público, eleger o funcionário do mês, até a oferecer bolsas de estudos e cursos de idiomas para seus talentos, conforme critérios. 

4. Estimule a cocriação e a inovação em sua serventia

O serviço notarial ainda lida com certo estigma quanto à sua atualização. Para vencê-lo e conquistar melhor reputação, é importante buscar a melhoria constante dos processos e modernizar o cartório.

E sua equipe pode ser uma grande aliada nesse caminho. Incentive, motive e reconheça as boas ideias trazidas por ela na gestão de pessoas do cartório. Apresente o desafio de todos pensarem sobre como podem executar seu trabalho de modo mais ágil, prático, qualificado e com melhor custo-eficiência. Implementar um Programa de Sugestões e premiar as melhores contribuições implantadas pode ser algo bastante positivo para o cartório e para o engajamento da sua equipe.

5. Torne as reuniões mais eficientes

De acordo com pesquisa, quase 50% dos trabalhadores consideram as reuniões como principais geradores de desperdício de tempo laboral.

Na verdade, a reunião é um bom recurso para a disseminação de instruções de trabalho, padronização de procedimentos, para ouvir sua equipe e repassar recados mais agilmente. Portanto, para que esse momento não torne-se um fator desmotivador, planeje bem as reuniões, realizando-as apenas quando necessário, com objetivo e pauta estipulados. 

6. Forneça feedback

Para ter uma boa gestão de pessoas do cartório, os feedbacks precisam ser constantes, tanto para destacar acertos quanto erros. Com os acertos, o gestor ajudará a promover mais confiança e sentimento de reconhecimento, estimulando as melhores práticas.

Já com os feedbacks apontando erros, mostra-se preocupação com o desenvolvimento do profissional – para isso, o feedback deve ser construtivo e sempre dado em particular. 

7. Faça pesquisa de clima

A pesquisa de clima organizacional é um instrumento estratégico de grande importância, pois ajuda as organizações a compreenderem as reais motivações, expectativas e opiniões de seus funcionários. E, a partir desse entendimento, torna-se muito mais fácil e assertivo melhorar a gestão de pessoas do cartório, gerando um plano de ação para neutralizar e resolver os pontos negativos apontados pela equipe e potencializar os positivos. 

E então, pronto para aprimorar a gestão de pessoas do cartório? Conhece alguma outra boa prática para uma boa administração do capital humano das serventias? Deixe sua mensagem nos comentários.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *