fbpx
software-juridico-barato

Um software jurídico barato pode ser o “tiro que saiu pela culatra”. Muitos gestores argumentam que não adotam esse tipo de sistema pelo valor, que pesaria no orçamento, e, diante desse fundamento, procuram por soluções de baixo preço.

No entanto, eles não fazem ideia de como essa prática pode causar prejuízos consideráveis para o escritório de advocacia. Quer saber quais são eles? Veja!

Software jurídico barato nem sempre é seguro

Os gestores de um escritório de advocacia manifestam grande preocupação com a segurança da informação. Afinal, os dados dos clientes, em muitos casos, são sigilosos e não podem ser acessados por qualquer pessoa. Felizmente, com a revolução digital e os softwares, a gestão da informação se tornou bem mais prática e segura. Não se corre mais o risco de perda e roubo de arquivos físicos, que também poderiam ser destruídos por desastres naturais.

No entanto, aqueles que contratam um software jurídico barato não sabem que o sistema de segurança dessas ferramentas, nem sempre, atendem aos seus anseios. É comum que elas não sejam baseadas em nuvem, e que permitam o acesso ao sistema de qualquer lugar com a segurança da criptografia. Em geral, um software jurídico barato pode ser acessado somente no dispositivo no qual foi instalado.

Ou seja, se der algum problema na máquina, os dados não estão seguros.

Software jurídico barato nem sempre é confiável

O software jurídico barato também merece um olhar desconfiado. Em primeiro lugar, com a ausência de uma segurança forte, como confiar que aqueles dados que constam no sistema não foram modificados? Em segundo lugar, sua estrutura costuma ser mais simples, e isso não diz respeito somente às funcionalidades limitadas, mas também ao funcionamento. As chances de interrupção no programa certamente são maiores devido à alta probabilidade de falha de segurança e de execução de tarefas.

Software jurídico tem funções limitadas

Quando mais recursos, maior o valor que a ferramenta agrega ao escritório de advocacia. Considerando essa afirmação, é de se imaginar o motivo pelo qual os bons softwares jurídicos possuem um preço de mercado médio ou alto. As funcionalidades se relacionam diretamente ao bom custo-benefício do sistema.

Quando o gestor opta por um software jurídico barato, há grandes chances de ele não atender aos anseios do administrador por completo. Já pensou ter um sistema que realiza a captura automática de processos, mas não oferece organização do fluxo de trabalho ou das finanças? Qual seria o resultado disso? Simples: o gestor precisaria gastar mais recurso com ferramentas individuais, voltadas unicamente para as funcionalidades que o software jurídico barato não fornece.

Muitos profissionais questionam o custo-benefício dos softwares mais completos, que apresentam um valor mais alto. Mas a conclusão, quando se olha a situação na prática, é simples: em geral, eles oferecem mais valor ao escritório de advocacia. Em outras palavras, melhoram a produtividade das equipes, auxiliam o gestor no aprimoramento da condução do negócio, otimizam a organização e promovem a economia de tempo.

Software jurídico barato não oferece vantagem competitiva

Para ter vantagem competitiva, um bom software jurídico possui funcionalidades que trazem muitos benefícios ao escritório de advocacia, como vimos. Se ele realiza tarefas limitadas e não proporciona ao gestor uma administração completa, com visão global das informações, é pouco provável que o escritório transforme essas vantagens em competitividade.

Quer um exemplo? A emissão de relatórios gerenciais, personalizáveis conforme desejo do gestor, traz informações precisas e bem fundamentadas sobre os processos internos do escritório. Com base nesses dados, é possível tomar melhores decisões e colocar o escritório no rumo do crescimento.

É pouco provável que um software jurídico barato forneça essa funcionalidade, pois ela depende de alimentação de grande base de dados, o que só é suportável nos softwares mais completos, como o Lawyer.

Na hora de escolher um sistema para seu escritório, lembre-se de que o software jurídico barato pode sair caro ao longo prazo para o crescimento de seu negócio. Se você deseja usufruir das vantagens desse sistema, conheça o Lawyer!

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *