fbpx

O monitoramento do andamento processual é uma demanda burocrática dos escritórios de advocacia e departamentos jurídicos. Apesar disso, não há outro caminho para acompanhar os processos judiciais. Essa tarefa é, inclusive, cobrada por muitos clientes, que se sentem apreensivos com qualquer movimentação diante do desconhecimento de termos jurídicos.

Essa importante atividade impacta no cumprimento de prazos e na credibilidade do escritório. Por isso, é preciso encontrar a melhor maneira de realizar o monitoramento do andamento processual – e muitos já sabem qual é ela: automatização. 

Automatização: melhor forma de fazer o monitoramento do andamento processual

Em plena era digital, não faz sentido realizar o monitoramento do andamento processual de forma manual. Foi-se o tempo em que os advogados entravam nos sites dos tribunais e olhavam os processos sob sua responsabilidade, um por um, imprimiam o andamento e o anexavam ao arquivo. Essa medida exigia espaço físico e muitas horas de trabalho, além de colocar em risco a organização do ambiente e a segurança dos dados.

A melhor solução para fazer o monitoramento do andamento processual é automatizar a tarefa. Isso não significa utilizar e preencher planilhas, mas utilizar soluções tecnológicas que fazem a captura e o registro dos processos automaticamente no sistema do escritório ou do departamento. Elas são capazes de captar as informações sempre que há movimentação, mantendo um histórico seguro do processo.

Solução automatizada

As soluções tecnológicas que realizam o monitoramento do andamento processual são serviços que fazem a busca automática dos processos judiciais nos sites dos tribunais, capturando dados de andamentos sempre que ocorre algum evento crítico, como liminares, despachos, sentenças, prazos de trânsito em julgado, etc. Sua grande vantagem é alertar os advogados sobre a ocorrência de uma movimentação processual relevante.

Essa tarefa é feita pelos robôs de captura e de cadastro de dados, que também podem realizar outras funções para o escritório ou departamento, tais como preenchimento automático de dados em outros sistemas, como softwares jurídicos ou geradores de guias de pagamentos.

Dentro da solução automatizada de monitoramento do andamento processual, também é possível contar com a captura antecipada de novos processos. Esse serviço identifica processos distribuídos contra uma parte de forma antecipada, antes do recebimento da citação.

Benefícios da automatização no monitoramento do andamento processual

A automatização no monitoramento do andamento processual traz muitos benefícios para o escritório de advocacia ou departamento jurídico. É, na verdade, uma forma de otimizar a rotina do advogado, conferindo organização e eficiência. Isso ocorre porque o profissional gasta menos tempo para fazer o acompanhamento de seus processos, ocasionando agilidade e maior produtividade não só nesta tarefa, mas em outras. Com mais tempo “livre”, ele pode se dedicar às atividades estratégicas, que fortalecem a competitividade do negócio.

Além desses benefícios relacionados à atividade em si, a automatização no monitoramento do andamento processual é, também, uma forma de prezar pela segurança de dados, que podem ser encontrados facilmente, sem riscos de alguém deletá-los por engano.

Com o alerta a cada movimentação, outra vantagem aparece, que é a de evitar que o advogado perca um prazo ou que ocorra a revelia em novos processos.

Melhor prática: utilizar um bom software jurídico

Onde é possível encontrar essas soluções automatizadas de monitoramento do andamento processual? Sem dúvidas, a solução mais eficaz é contar com um bom software jurídico. Essa tecnologia é focada em produtividade, em outras palavras, sua principal ideia é fazer com que o gestor e os advogados não percam tempo com tarefas burocráticas, como o acompanhamento manual de andamento de processos.

Um bom software jurídico, como o Lawyer, automatiza muitos processos internos, assumindo para si certas atividades que compõem o fluxo de trabalho, como a captura e registro dos andamentos. Nele, os profissionais podem acessar pastas de processos, consultando os detalhes de cada ação e as estatísticas processuais com base em indicadores cadastrados.

Em suma, o software proporciona os benefícios citados sobre a automatização: eficiência, otimização do tempo e da produtividade. Com a chance de erros minimizada, o escritório ou departamento se beneficia, também, de um fluxo de trabalho mais assertivo.

A melhor forma de fazer o monitoramento do andamento processual é utilizando uma solução tecnológica como o software jurídico. Ele traz muitos benefícios à gestão jurídica, otimizando a rotina de todos os profissionais.

Que tal conhecer um excelente software jurídico que pode contribuir para sua rotina? Solicite uma demonstração do Lawyer!

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *